domingo, 14 de novembro de 2010

DILMA ROUSSEFF, uma das pessoas mais PODEROSAS do mundo








O texto abaixo é de autoria de um grande amigo (detalhe: não o conheço pessoalmente, mas a literatura e o saber nos torna próximos), Rômulo Gomes. Ele é do Nordeste e, como não poderia deixar de ser, extremamente sábio. confira o que ele diz sobre a candidatura de Dilma!



Por Rômulo Gomes*

A nova presidentA (com ênfase no feminino) do Brasil, Dilma Rousseff, entrou recentemente, para a lista das pessoas mais poderosas do mundo, segundo o ranking da conceituada revista norte-americana Forbes. A mais recente ingressa na política brasileira, é considerada pela imprensa internacional como uma “ex-guerrilheira”, que lutou contra a ditadura militar em seu país e hoje, ocupa o 16° lugar na lista, estando à frente de pessoas internacionalmente conhecidas como é o caso do presidente da França Nicolas Sarkosy (que ocupa o 19°) e do fundador da Aplee, Steve Jobs (17°). Ainda, uma matéria no jornal The Independent publicada logo após a eleição tece elogios a nossa presidenta em uma longa reportagem e a compara com chanceler da Alemanha Angela Merkel e com a secretária de estado dos EUA, Hillary Clinton, mulheres de destaque na política mundial.

Vale destacar que independentemente de partidos e coligações, escândalos e outros, a vitória de Dilma representa um avanço para a política nacional. Um olhar diferente, uma nova face, pois historicamente a mulher em nosso país é vista como aquela que está à sombra do homem, aquela que só sabe e deve cuidar dos afazeres domésticos, preparar os filhos para a escola e esquentar a janta para o marido quando chegar do trabalho. A presença de uma mulher em cargos de prestígio e destaque como é o caso do presidente da república significa dizer que MUDAMOS, que queremos coisa nova, que acreditamos que a mulher é tão capaz quanto o homem, que os tempos são outros, onde as oportunidades entre homens e mulheres estão cada vez mais próximas e somos avaliados por nossa competência e não pelo sexo.

Assim, a famosa e preconceituosa história de que mulher é o sexo frágil está cada vez mais em desuso, se extinguindo, fora de moda – e não podia ser diferente! Dilma vem consolidar o que muitos já sabiam e até temiam: A MULHER APRENDEU A CAMINHAR SOZINHA, e aprendeu tão bem que evoca respeito, admiração e estima para uns, enquanto para outros é motivo de inveja, medo e ameaça.

Contudo, estamos vivendo na era das mulheres, e não são quaisquer mulheres, a exemplo das três que expus aqui e da nova Governadora no nosso estado, a Senhora Rosalba Ciarlini. Todas essas são mulheres fortes, inteligentes, capazes, guerreiras, longe daquela imagem feminina de décadas atráz ou daquela da idade média onde eram submissas e maltratadas somente pelo fato de terem nascido mulher. As mulheres deste século estão cada vez mais preparadas para a vida moderna e seus desafios, são possuidoras de conhecimentos – e sabem disso, o que as tornam mais “poderosas” ainda.

Hoje, ser mulher não é mais questão de subordinação, mas sim, força, vida, como diz a professora Margarete em um poema “A mulher foi feita da costela do homem, não dos pés para ser pisoteada, nem da cabeça para ser superior, mas sim, do lado para ser igual... debaixo do braço para ser protegida e do lado do coração para ser amada”.

Parece-me que a mulher moderna têm levado essa questão ao pé da letra, para desespero de muitos homens (RIZOS...).





*GRADUANDO DO 6° PERÍODO
DE LETRAS – LÍNGUA PORTUGUESA, UERN/CAPWSL.

3 comentários:

Rômulo Gomes disse...

Obrigado, querido amigo pela postagem do meu texto!
ABRAÇO.. ; ]]

Rafael Lopes disse...

Poderosa?? Ah, você está de brincadeira neh (imitação ao comentarista Neto), auhauhau.

No miníno ela é uma pessoa muito influente. Poderosa está muito longe de ser.

Abraço

Diuân Feltrin disse...

Poderosíssima sim!!!