quinta-feira, 16 de julho de 2009

ENYA: Voz Angelical que eleva ao sublime


Quando questionam sobre meu gosto musical, sempre digo que sou eclético. Realmente gosto um pouco de tudo, mas ultimamente a doce voz de uma cantora irlandesa chamada Enya, vem me cativando cada vez mais.

Nascida no condado de Donegal, situado ao noroeste da Irlanda, a cantora sempre buscou, em suas letras, inspirar-se na sua terra natal, muito influenciada pela cultura celta.

O auge do sucesso de Enya se deu em 1991 quando lançou o álbum "Shepherd Moons", alcançando o topo das paradas dos Estados Unidos e atingindo a marca de dez milhões de cópias vendidas. Merecidamente Enya conquistou, com este álbum, seu primeiro Grammy Award.

Depois de quatro anos longe das gravadoras, Enya retorna com “The Memory of Trees”. O álbum vendeu oito milhões de cópias e rendeu mais uma premiação do Grammy. Depois de mais cinco anos, a cantora lança o álbum “A Day Without Rain”, que tem como carro-chefe o clássico “Only Time”, tema de Charlize Theron e Keanu Reves no romance “Sweet November” (“Doce Novembro”).

Neste trajetória de sucesso, Enya já vendeu mais de quarenta milhões de cópias. O estilo musical de Enya acalma, levando o ouvinte a contemplar o sublime. A voz angelical, acrescida de suaves acordes eruditos nos remete, inevitavelmente, ao sagrado. Não deixe de ouvir Enya. Eu recomendo.



Confira a melodia Book of Days, do álbum “Shepherd Moons", executada por enya em uma de suas raras apresentações:





Only Time, trilha de Sweet November:




Videoclipe de It's in the Rain:




Tema de "O Senhor dos Anéis" - May it Be:


OBS: Algumas informações foram baseadas no Wikipédia.

3 comentários:

Rafael Lopes disse...

A musa do Diuân.
Mas ela é ótima cantora sim, voz perfeita.

Gostei do texto

abraço

Ayne Regina Gonçalves Salviano disse...

Também gosto da Enya.
Pela voz, pela música e porque o nome dela é o meu ao contrário.

Cleber_mc disse...

Parabéns pelo post, a música cantada por ela é incrível, transmite muita paz e tranquilidade.