domingo, 10 de maio de 2009

Despeço-me deste ciclo com orgulho

A vida é composta por ciclos. Com sabedoria, podemos identificá-los e nos adaptar a eles. Ciclos se sucedem tais como as estações do ano, e sem nos darmos conta, percebemos que a vida passa depressa. Pessoas entram e saem de nossa vida, deixando registradas marcas positivas e negativas. Com o passar dos anos a maturidade vem à tona, e nos leva a adquirir a capacidade de nos adaptar a estes ciclos, aceitando-os pacificamente. 

Evito ao máximo expor neste espaço os acontecimentos que compõem as escrituras do livro de minha vida, mas não posso deixar de registrar o encerramento de mais um ciclo. Mudar assim, de uma hora para a outra é tarefa árdua. Digo até que dolorosa. Paciência. Um passo de cada vez. Sim, esperei muito, mas creio que tudo nesta vida tem o momento ideal e uma explicação para acontecer. Existe o tempo que antecede cada passo, assim como o intervalo entre a inspiração e a expiração. É o tempo divino de observar, refletir e sentir. Tempo de utilizar todo o discernimento concedido por Deus para se fazer as melhores escolhas. 

Dia 22 de outubro de 2008. Ainda me lembro (creio que jamais esquecerei) do medo que eu estava em saber que acabara de conquistar meu primeiro emprego. Era o primeiro dia. Quem encontraria lá dentro? Será que teria competência para desempenhar um bom trabalho? Será que realmente teria vocação para a área? Etc, etc, etc... Dúvidas cruéis assolavam o ego de um garoto sem experiência alguma. Sempre perseverante e convicto nos ensinamentos que tinha até então, encarei o desafio. Não poderia ter feito escolha melhor. 

Confesso que até este dia eu era um garoto mimado, fechado em um “mundinho perfeito”. Nunca havia passado por dificuldades. Sair de manhã de Birigui, trabalhar o dia todo e só retornar por volta das onze da noite era uma grande provação. No início pensei que não fosse suportar. Sim, pensei diversas vezes em desistir. Mas sabe... Uma força desconhecida surgia de meu interior e me aconselhava a continuar. Uma voz que dizia uma frase já conhecida por mim há tempos: “As dificuldades da vida nos ajudam a crescer como pessoa”. E não é que essas sábias palavras tinham fundamento?! 

Durante estes seis meses amadureci e muito! Convivi com pessoas extraordinárias. Levarei todos em meu coração. Eu tenho a sorte de encontrar anjos em todos os lugares por onde passo. Anjos que me guiam e que me ajudam a viver. Cheguei a este primeiro emprego totalmente “perdido”, sem saber o que fazer. Mas a figura de uma bondosa mulher, com toda sua simplicidade, me proporcionou alento nos momentos mais difíceis.  É claro que também encontrei pessoas ruins. Quanto a estas, é melhor não falar, caso contrário, perderei a elegância. A elas, só deixo um recado: a mesquinhez e a prepotência exacerbada apenas contribuem para o fracasso e a autodestruição. Os seres humanos mais frustrados da história foram guiados por tais características. Não é necessária muita inteligência para saber do que estou falando... Sorte a vocês. 

Agora começo uma nova fase! Com toda a bagagem adquirida nesta experiência, uma nova oportunidade de estágio surge em minha vida. Procurarei me aperfeiçoar a cada momento, para desempenhar com primazia a profissão que escolhi e que me apaixono a cada dia! Não, não se trata de uma visão romantizada, mas sim, sincera. Tenho a convicção em Deus de que também deixarei marcas positivas neste novo ciclo! Perseverante na fé, desejo crescer como pessoa e como profissional. Novos anjos entrarão em minha vida e me orientarão a caminhos seguros. 

Finalizando todo o teor propositalmente piegas e emotivo deste texto, faço minhas as palavras de um sábio amigo: “A vida é como uma longa viagem de trem. Durante o percurso, conhecemos pessoas que por alguns instantes, passam a fazer parte de nossa vida. Mas chega o momento de desembarcar em nossa estação e deixarmos para trás estes seres que acabamos de compartilhar bons momentos. Mas cedo ou mais tarde, eles também chegarão a seus respectivos destinos. Durante o trajeto do trem, outros indivíduos virão, e o ciclo se repetirá.” 

Agradeço a Deus pela oportunidade de ter feito uma bela viagem até agora. Ingresso em uma nova estação, certo de que a viagem será rica, tranquila e enriquecedora.

6 comentários:

Ayne Regina Gonçalves Salviano disse...

Toda sorte do mundo nesta sua nova caminhada. Perseverança e sucesso!

Diuân Feltrin disse...

Muito obrigado Ayne!!!

Eduardo Martinez disse...

Boa sorte Diuân, você merece muito sucesso. Vai fazer falta.

Diuân Feltrin disse...

Muito obrigado Duh!
Sentirei falta.Aprendi muito com vocês! Mas é sempre bom adquirir novas experiências! Sucesso pra você sempre!

Angélica Neri disse...

Lindas palavras! Fantástico o seu texto, querido!

Acompanhei toda sua trajetória e fico muito feliz por cada uma das suas conquistas.

Você já é um profissional digno de admiração e aplausos. Não tenho dúvidas que você também se destacará no Sesi.

Desejo todo sucesso do mundo pra você, meu amigo!

Ps: Você é um vencedor!

Beijão!

Diuân Feltrin disse...

Muito obrigado Angélica! Me sinto feliz pelo seu apoio!
Você também é uma superprofissional! Uma Vencedora!!!
Bjos