segunda-feira, 28 de setembro de 2009

TEATRO





Espetáculo aborda a Metanoia


Uma mulher é criada com qualidades dadas pelos deuses. Uma dessas qualidades é a curiosidade. Essa característica a leva a abrir uma caixa de onde saem os males do mundo. O mito da caixa de Pandora talvez justifique o turbulento momento em que vivemos, no qual valores fundamentais são esquecidos. Assassinatos, barbáries, tragédias sem fim... Ainda resta esperança?

Este é o ponto de partida do espetáculo “CHEGA!”, produção do grupo de montagem do Núcleo de Artes Cênicas do Sesi de Birigui. A peça é uma criação coletiva produzida com base nas experiências e recordações dos integrantes do grupo. Experiências estas que compõem os esquetes encenados, realidades que assolam nosso cotidiano.

A montagem ganha corpo a partir do momento em que surgem reflexões sobre o atual momento em que vivemos, rodeados por cenas caóticas. A esperança seria a única forma de exterminar a turbulência e o caos. Para adquirir o dom da esperança, somente um árduo processo de metanoia faria com que o ser humano passasse a enxergar a vida com outros olhos. Transformações de dentro para fora, na busca pelo autoequilíbrio. A ideia central defendida pela peça é que a realidade vivida é proveniente de nossas escolhas.


A peça será apresentada nos dia 1° e 8 de outubro, às 20 horas, no Teatro Popular do Sesi de Birigui. A classificação é livre e a entrada é gratuita.

2 comentários:

Rafael Lopes disse...

AI ai preciso começar a ir mais em teatros.

É um conhecimento super importante.

Abraço
bom teatro

Ayne Regina Gonçalves Salviano disse...

Eu adoraria assistir...
Mas vou estar trabalhando...